Apoios

Municípios aderentes

Uma iniciativa de

Parceiros

 

catarina alvarez

Psicóloga com Mestrado em Neuropsicologia Clínica.

coordenadora

Isabel Sousa

Psicóloga com Mestrado em Neuropsicologia Clínica.

Ana isabel paiva

Psicóloga com mestrado em Psicologia Clínica e pós-graduação em Neuropsicologia Geriátrica

Vanda Pinto

Assistente Social

A Associação Alzheimer Portugal e o Instituto de Ciências da Saúde da Universidade Católica Portuguesa asseguram a supervisão técnica da atividade do projeto, nos termos do protocolo de parceria assinado a 20 de dezembro de 2011.

A equipa

 

Em 2013 foi efetuado pela equipa do projeto um trabalho no terreno com vista a apurar o número de pessoas identificadas com demência nos concelhos de Almada, Cascais, Oeiras, Peniche e Sintra, com recolha de informação em 109 equipamentos sociais, num universo total de 4002 utentes. Posteriormente analisaram-se os dados e foi elaborado um relatório.

Tendo em conta estes resultados, propuseram-se um conjunto de medidas que permitam garantir a prestação de cuidados específicos e de qualidade a pessoas com demência:
 

1. SENSIBILIZAÇÃO DA COMUNIDADE

para a problemática das demências, em particular no que respeita aos direitos das pessoas com demência e à importância do diagnóstico precoce, dirigida a diversos públicos-alvo;
 

2. ADEQUAÇÃO DOS EQUIPAMENTOS SOCIAIS

através da revisão do normativo legal referente às condições de funcionamento das respostas, nomeadamente no que concerne a especificidades de natureza arquitetónica e recursos humanos (dimensão e qualificação da equipa), e da certificação da qualidade na prestação de cuidados a pessoas com demência;
 

3. FORMAÇÃO CERTIFICADA SOBRE DEMÊNCIAS

para dirigentes, técnicos e outros funcionários da área social e da saúde que prestam cuidados a estas pessoas e que inclua, entre outros temas, estratégias para lidar com os sintomas cognitivos e comportamentais da demência e a gestão da sobrecarga do cuidador profissional.

Na sequência da elaboração do referido relatório e da apresentação dos principais resultados numa Conferência Internacional que teve lugar em Novembro de 2014 na Fundação Calouste Gulbenkian, os parceiros do projeto decidiram ainda divulgar, discutir e enquadrar os resultados do diagnóstico no contexto português com um grupo de profissionais de diversas áreas e prestar um contributo para o alargamento da discussão da problemática das Demências no nosso país.

Neste workshop estiveram presentes cerca de 30 interlocutores-chave que, de uma forma ou de outra, se interessam e têm vindo a desenvolver reflexão, iniciativas e trabalho prático de intervenção junto de pessoas com demência e seus familiares. Assim, para além dos parceiros do projeto, o workshop contou com a participação de deputados da Assembleia da República (Isabel Galriça Neto, Paula Santos e Ricardo Baptista Leite), do Diretor Geral de Saúde, da Presidente do Instituto da Segurança Social, do Presidente do Instituto Nacional de Reabilitação, entre outras individualidades.

Do debate, resultou um conjunto de conclusões das quais, para este efeito, se salientam a necessidade de criar respostas de proximidade que visem apoiar as pessoas com demência e os seus cuidadores ao longo de todo o percurso da doença, tendo sido valorado positivamente o modelo dos Gabinetes Cuidar Melhor e o papel decisivo das autarquias na implementação de soluções adaptadas a cada realidade: “ter demência em Trás-os-Montes ou em Lisboa exige soluções diferentes.”   

DIAGNÓSTICO

 

Criação de gabinetes técnicos pluridisciplinares e de âmbito concelhio, de apoio a cuidadores e familiares de pessoas com demência. 

 

Para informação mais detalhada sobre esta resposta, consulte o separador Gabinetes de Apoio.

gabinetes técnicos

 

Com vista a uma operacionalização do projeto bem sucedida, torna-se crucial implementar uma estratégia de comunicação integrada e eficaz. Além da criação de suportes (imagem corporativa / site / material publicitário), utilizamos um conjunto alargado de meios de divulgação e realizamos ou participamos em diversos eventos para dar a conhecer o projeto.

 

Para mais informações consulte o separador Notícias.

comunicação

 

Pretende-se sensibilizar a população sobre a problemática das Demências, designadamente sobre sinais de alerta, prevenção geral, diagnóstico e intervenção, direitos da pessoa com demência, princípios de atuação na prestação de cuidados e o papel dos cuidadores e familiares.

Para o efeito, realizamos numerosas ações em diversos contextos: escolas, equipamentos sociais, centros de saúde e hospitais e participamos ainda em diversos eventos organizados por outras entidades.

Para mais informações consulte o separador Notícias.

sensibilização da comunidade

 

Adaptação e desenvolvimento do conceito Memory Café em Portugal e criação de CAFÉS MEMÓRIA. O Café Memória é um local de encontro destinado a pessoas com problemas de memória ou demência assim como aos seus familiares e cuidadores. Nas sessões dos Cafés Memória, pretende-se criar um ambiente acolhedor e reservado que possibilite a partilha de experiências entre os participantes, em que se oferece apoio emocional e informação útil e se promove a participação das pessoas em atividades lúdicas e estimulantes, com o acompanhamento de profissionais de saúde ou de ação social e voluntários formados para o efeito.

A nossa missão consiste em, por um lado, contribuir para a melhoria da qualidade de vida e redução do isolamento social em que muitas vezes as pessoas com demência e seus familiares se encontram e, por outro, sensibilizar a comunidade para a problemática das demência envolvendo-a na prossecução dos seus objetivos.

projeto
café memória

 

Realização de workshops, ações de formação e encontros de profissionais na área específica das Demências, destinados a profissionais de diversas valências, tais como, médicos, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais, terapeutas ocupacionais, psicomotricistas e ajudantes de ação direta que trabalham em contexto institucional, hospitalar e nos cuidados de saúde primários.

 

Para mais informações, consulte o separador Formação.

formação de quadros