NOTICIAS

Inscrições abertas para o Grupo Psicoeducativo para Cuidadores Familiares | Gabinete Cuidar Melhor Cascais

20-08-2020

O Gabinete Cuidar Melhor de Cascais vai realizar o 1º Grupo Psicoeducativo para cuidadores informais de Pessoas com Demência.
 

Estes grupos consistem num espaço privilegiado e regular para trabalhar os desafios que se colocam quando se assume o papel de cuidar de uma Pessoa com Demência, funcionando entre pares e com a facilitação de um moderador com formação específica.
 

As inscrições estão abertas até dia 9 de setembro e o grupo iniciará no dia 16 de setembro num formato digital através da plataforma Zoom.

 

 

Informações sobre inscrições e participação:

A participação é feita mediante a inscrição e a realização de entrevista com a moderadora.
A frequência no grupo tem um valor associado que é definido de acordo com os rendimentos de cada participante.

Pode efetuar a sua inscrição através da Linha de Apoio: 210 157 092 ou do e-mail: geral@cuidarmelhor.org . 

 

Testemunhos | 1º Grupo Psicoeducativo

09-07-2020

O primeiro Grupo Psicoeducativo para Cuidadores da Alzheimer Portugal teve lugar em Sintra e terminou a semana passada.

 

Estes grupos consistem num espaço privilegiado e regular para trabalhar os desafios que se colocam quando se assume o papel de cuidar de uma Pessoa com Demência, funcionando entre pares e com a facilitação de um moderador com formação específica.

O segundo Grupo Psicoeducativo já teve inicio no dia 8 de julho!

Estatuto de Cuidador Informal e os Projetos-Piloto

07-07-2020

Na sua missão de apoiar e informar as Pessoas com Demência e os seus cuidadores, a Alzheimer Portugal preparou um documento com a informação mais importante sobre o Estatuto de Cuidador Informal e os Projetos-Piloto que agora aqui disponibiliza. Este documento não dispensa, no entanto, a leitura atenta do Guião Técnico da Segurança Social e da legislação em vigor (cujos links se encontram no documento).

A Lei n.º 100/2019, de 6 de setembro, regula o Estatuto do Cuidador Informal e prevê o desenvolvimento de projetos-piloto, que apliquem de forma experimental as medidas de apoio ao cuidador informal. 

 

A Portaria nº 64/2020, de 10 de março, vem definir os termos e as condições de implementação das medidas de apoio previstas no artigo 7º do Estatuto do Cuidador Informal com vista a avaliar a adequação e a capacidade de resposta às necessidades reais.

Guia Prático InclusivaMente | Para técnicos

01-07-2020

A Fundação Vasco Vieira de Almeida com o objetivo de contribuir para reforçar o conhecimento das instituições que atuam na área da prestação de cuidados a pessoas idosas e/ou com capacidade diminuída, a respeito da garantia efetiva dos Direitos Humanos dos beneficiários daquelas instituições criou o “Projeto InclusivaMente: Direitos Humanos no envelhecimento e na saúde mental?”

 

Este projecto consiste num programa de capacitação em matéria de enquadramento jurídico da intervenção das entidades da economia social que atuam na área da prestação de cuidados a idosos, dependentes e/ou com capacidade diminuída, com o objetivo de contribuir para a construção de uma cidadania mais responsável e inclusiva.

 

Deste, resultou o “Guia prático InclusivaMente” desenvolvido pelas formadoras Dra. Paula Guimarães e Dra. Rosário Zincke dos Reis, membro da Direção Nacional da Alzheimer Portugal.

 

O "Guia Prático InclusivaMente" pretende ser um instrumento de apoio aos profissionais do setor social, facilitando a interpretação da lei vigente e  complementando os guiões técnicos e os manuais de processo-chave e de qualidade, que sustentam a atividade das organizações sociais no domínio da promoção dos direitos dos respetivos beneficiários e prestação de cuidados a idosos, dependentes e/ou com capacidade diminuída.

Relatório Alzheimer’s Disease International 2020

01-07-2020

A semana passada, foi divulgado o mais recente relatório da Alzheimer's Disease International “From Plan to Impact III”, sobre "manter a demência como prioridade em tempos sem precedentes".

Este relatório fornece uma visão geral das atuais respostas nacionais à demência em todo o mundo, focando-se no Plano de Ação Global da Organização Mundial de Saúde que contém 7 linhas de ação:

1. Demência como prioridade de saúde pública

2. Consciencialização sobre demência e “friendliness”

3. Reduzir Risco Demência

4. Diagnóstico, tratamento, cuidados e suporte

5. Suporte para cuidadores

6. Sistema de Informação para Demência

7. Pesquisa e Inovação sobre Demência

 

No âmbito do ponto 2: Consciencialização sobre demência e "friendliness", surge mencionada a Campanha Amigos na Demência, da Alzheimer Portugal, como parte do Movimento Global Dementia Friends.

Neste relatório é referida a importância tanto do movimento global Dementia Friends, no qual Portugal participa com a campanha Amigos na Demência, tão importante para aumentar o seu conhecimento e diminuir o estigma associado às demências, como dos Cafés Memória, que “têm sido um balão de oxigénio durante este período tão difícil.” não só para Pessoas com Demência como para familiares e cuidadores.

 

No capítulo referente à consciencialização sobre demência e “friendliness” é destacado o mote “Amigos na Saúde e na Demência”, que juntou algumas figuras públicas para dar voz a esta causa, relembrando que a amizade é muito mais do que a capacidade de recordar bons momentos. Em todo o mundo há já quase 19 milhões de Dementia Friends, sendo que, em Portugal, somos quase 3700 Amigos. 

 

Em Portugal, os Cafés Memória presenciais deram lugar ao Café Memória Fica em Casa, com a realização de sessões virtuais semanais em que participam várias pessoas com demência, familiares e cuidadores.

SESSÕES INFORMATIVAS E DE ESCLARECIMENTO EM DIRETO NAS REDES SOCIAIS

25-06-2020

A Alzheimer Portugal irá promover diversas sessões em direto nas redes sociais, com vista a informar e esclarecer os seguidores sobre diversos temas relacionados com as demências.

 

Serão realizadas dois tipos de sessões:

 

  • Sessão Informativa: Sessão de 15 minutos em Direto com um Especialista que abordará o tema em questão. 

  • Sessão de Esclarecimento: Um Especialista disponível em Direto para responder a questões sobre o tema em questão.

 

Envie-nos as suas questões sobre os vários temas, para serem respondidas nas respectivas sessões:

- para o email relacoes.publicas@alzheimerportugal.org

-  na nossa página de Facebook (facebook.com/alzheimerportugal.org/

- no Instagram (instagram.com/alzheimer_portugal/

Inscrições abertas para o Grupo Psicoeducativo para Cuidadores Familiares | Gabinete Cuidar Melhor Sintra

21-06-2020

O Gabinete Cuidar Melhor de Sintra vai realizar o 2º Grupo Psicoeducativo para cuidadores informais de Pessoas com Demência.

Estes grupos consistem num espaço privilegiado e regular para trabalhar os desafios que se colocam quando se assume o papel de cuidar de uma Pessoa com Demência, funcionando entre pares e com a facilitação de um moderador com formação específica.

As inscrições estão abertas até dia 1 de julho e o grupo iniciará no dia 8 de julho num formato digital através da plataforma Zoom.

 

 

Informações sobre inscrições e participação:

A participação é gratuita e feita mediante a inscrição até ao dia 1 de Julho e a realização de entrevista com a moderadora.

As instituições da comunidade podem referenciar os cuidadores informais até ao dia 1 Julho através da Linha de Apoio: 210 157 092 ou do e-mail: geral@cuidarmelhor.org

 

Para mais informações contacte o Gabinete Cuidar Melhor Sintra

Gabinete «Cuidar Melhor» Sintra

Tel: 210 157 092

E-mail: geral@cuidarmelhor.org

A COVID-19 tem provado a importância da ação da UE no âmbito da saúde

29-05-2020

A Alzheimer Europe (AE) tem vindo a apoiar campanhas a nível europeu no sentido de que na União Europeia seja dada prioridade à Saúde como uma questão política.

 

Neste contexto, a AE apoiou a campanha EU4Health.EU que resultou da coligação de organizações europeias de saúde e de doentes que se aliaram em grupos de interesse (lobbies), num tempo em que a saúde foi surgindo como não sendo prioritária, tendo vindo a tornar-se cada vez menos importante (tal como o investimento).

 

Com o aparecimento da crise originada pela COVID-19, este grupo juntou-se de novo, na tentativa de capitalizar não só o momento como o novo consenso que reconhece que a saúde tem de ser o foco-chave, a nível europeu, e que políticas de saúde eficazes exigem coordenação e cooperação dos Estados-Membros.

 

O timing em que decorre esta campanha coincide com o debate em curso sobre o futuro orçamento da UE, de que alguns detalhes foram ontem transmitidos nas propostas de Comissão Europeia (que incluem 9.4 biliões de EUR para um Programa de Saúde autónomo, assim como 94.4 biliões EUR para o programa de investigação Horizon Europe).

 

Para tal, a Alzheimer Europe convocou 16 outras Organizações Não-governamentais Europeias para aderirem a uma nova campanha EU4Health.EU, que se foca em três áreas-chave:

-   Aumentar financiamentos e recursos para a saúde na UE

-   Reforçar a acção na saúde ainda durante o mandato actual

                     -   Repensar as competências da UE em matéria de cuidados de saúde e da

                          sua visão para o futuro

 

De cada rubrica constam exigências específicas que se focam na necessidade de mais políticas de saúde coordenadas no seio da União Europeia.

 

O documento que encontra aqui contém estes elementos de forma mais detalhada

Alzheimer Portugal lança Formação Certificada Online

24-05-2020

A partir de junho, a Associação Alzheimer Portugal vai realizar formação certificada online na área das Demências, dirigidas ao público em geral.

 

 

As primeiras sessões agendadas serão workshops de 4h, já nos dias 5 e 9 de junho, sobre os temas “Regime do Maior Acompanhado” e “Diretivas Antecipadas de Vontade”.

 

O primeiro workshop no dia 5 de junho, sobre o “Regime do Maior Acompanhado”, tem como objetivo informar as novas abordagens na promoção dos direitos das pessoas com capacidade diminuída. Já o workshop “Diretivas Antecipadas de Vontade”, agendado para dia 9 de junho, pretende que os formandos passem a deter informação que lhes permita decidir de forma livre e esclarecida como proceder à elaboração de um Testamento Vital e/ou de uma Procuração para Cuidados de Saúde, bem como aconselhar ou encaminhar outras pessoas. Ambos serão lecionados entre as 9h e as 13h, pela advogada, Maria do Rosário Zincke dos Reis, membro da Direção Nacional da Associação.

 

Na semana seguinte é a vez dos workshops “Abordagem Centrada na Pessoa com Demência” e “Comunicação e Demência”, onde serão abordadas questões mais específicas relacionadas com Demência. Ambos terão a duração de 3h, entre as 10h e as 13h, e serão lecionados por Ana Margarida Cavaleiro, Psicóloga da Alzheimer Portugal.

 

Todas as formações têm o custo de 20 euros para Associados da Alzheimer Portugal e 25 euros para o público em geral (não associados).

 

Formação Online "Os desafios do processo de luto no contexto atual"

19-05-2020

No âmbito do projeto “Cuidar Melhor” que conta com a parceria ativa das Câmaras Municipais de Cascais, Oeiras e Sintra, vamos realizar várias iniciativas de carácter formativo e de sensibilização, destinadas a cuidadores formais (profissionais) e informais (familiares) de pessoas com Alzheimer e outras demências.

Irá realizar-se um workshop para técnicos dos equipamentos sociais com o tema “Os desafios do processo de luto no contexto atual”: é expectável que a vivência da morte e do processo de luto sejam condicionados pela actual situação de pandemia, seja pelo facto das mortes serem causadas pela COVID-19, seja pela necessidade de respeitar práticas fúnebres diferentes das habituais ou pelas medidas de distanciamento físico. Este workshop pretende reflectir acerca de aspectos que podem influenciar o normal processo de luto e focar algumas estratégias apropriadas face a este contexto tão particular.

 

O workshop será realizado com recurso à plataforma Zoom nos dias 20 ou 27 de maio ou 3 de junho, sendo possível que cada profissional escolha a que preferir de acordo com o seu calendário.

A inscrição é gratuita mas obrigatória e deverá ser efetuada através do e-mail geral@cuidarmelhor.org ou dos telefones 210 157 092 / 963 519 966.

Campanha de fidelização de Associados Alzheimer Portugal 2020

14-05-2020

A Alzheimer Portugal está a realizar uma campanha de fidelização de Associados com o objetivo de atualizar a sua base de dados e aumentar a percentagem de associados com as quotas regularizadas.

 

A Direção da Alzheimer Portugal coloca à consideração de cada Associado a possibilidade de pagamento efetivo apenas das quotas do presente ano e do anterior (ano em que o valor foi atualizado em Assembleia Geral para 25€ anuais), no valor total de 50.00€, ficando a situação regularizada a partir de agora.

 

A Associação está a contactar os seus associados para lhes dar conhecimento da campanha e enviar os dados para que possam efetuar o pagamento em qualquer caixa Multibanco ou no seu homebanking, por forma a regularizarem a sua situação.

 

Apesar da campanha, todos os associados serão informados do valor em divida, para que, desejando, possam efetuar o pagamento total ou até apenas considerar os últimos 5 anos que ainda não prescreveram.

 

Relembramos que com o cartão de associado é possível obter diversos benefícios resultantes de protocolos estabelecidos com parceiros da nossa causa. Consulte AQUI todos os protocolos existentes.

 

Estamos ao seu dispor para o que, dentro das nossas capacidades, possa constituir uma ajuda para si ou seus familiares. 

 

Qualquer dúvida a Associação está disponível por telefone 213 610 460 ou email associados@alzheimerportugal.org.

 

Agradecemos o apoio de todos. 

 

O pagamento das quotas de associado é fundamental para conseguirmos manter os atuais compromissos de apoio às pessoas com Doença de Alzheimer, seus cuidadores e familiares.

Programa “Máscaras Acessíveis” no município de Cascais

20-04-2020

A Alzheimer Portugal será uma das IPSS do concelho que irá assegurar o processo de distribuição de máscaras a partir do dia 23 de abril, passando recibo donativo a quem o solicitar.

A Câmara Municipal de Cascais cederá mais de um milhão de máscaras de proteção individual a Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) de reconhecido mérito no concelho a que as disponibilizarão aos cidadãos a valores muito inferiores aos que são atualmente praticados no mercado. 

 

 

As regras para usufruir deste programa são:

 

• Cada cidadão de Cascais tem direito a um máximo de quatro (4) máscaras por semana

• Cada máscara custa 0.25€, o preço fixo permitido

• Cada cidadão tem de registar-se no momento da aquisição. É obrigatório apresentar NIF e comprovativo de morada (fatura de água, gás, etc)

• O registo informático de dados (NIF) é efetuado numa plataforma gerida pela Câmara Municipal de Cascais (my Cascais), é preenchido por cada uma das instituições, e tem como objetivo evitar o açambarcamento e certificar que são moradores no concelho a fazer as aquisições

 

A partir da próxima quinta-feira, a Alzheimer Portugal disponibilizará máscaras no espaço do Gabinete de Apoio Cuidar Melhor de Cascais, todos os dias úteis, entre as 10h e as 14h. 

 

Morada: Espaço Sénior Guilherme Augusto de Santa Rita, Rua Vale de Santa Rita, nº 47 A, 2765-281 Estoril (instalações da e perto da Junta de freguesia do Estoril

Café Memória Fica em Casa

13-04-2020

Devido à situação excecional que vivemos, houve necessidade de suspender as sessões presenciais do Café Memória. 

 

Apesar dos tempos exigentes que estamos a atravessar, não perdemos a determinação de apoiar as Pessoas com Demência e os seus cuidadores e familiares. 

Até existirem condições para retomar os encontros presenciais aos sábados de manhã, vamos implementar um novo formato, com a preciosa colaboração das equipas técnicas dos 20 Cafés Memória que existem no nosso País. 

 

Este novo formato chama-se “Café Memória Fica em Casa” e vai funcionar à distância!  

 

É muito fácil. Todos os sábados, às 11h da manhã, uma das nossas equipas vai promover uma sessão virtual. Estas sessões vão contar com um orador convidado que vai abordar um tema específico relacionado com a demência. Todos terão a oportunidade de lhe colocar questões como costumamos fazer habitualmente, naquele registo informal e bem disposto que nos caracteriza. 

 

Cada sessão terá a duração máxima de 1 hora e realiza-se com o recurso à plataforma Zoom. Para o efeito, basta aceder à Internet e juntar-se a nós utilizando este link: https://zoom.us/j/7872063580

 

Veja aqui o vídeo explicativo.

 

Estão todos convidados a participar nestas sessões virtuais, que começam já no próximo sábado, dia 18 de abril!

Materiais de Apoio | COVID-19

12-04-2020

Este período em que temos que estar mais resguardados em casa traz desafios acrescidos. 

 

A mudança de rotinas, a diminuição da atividade física e cognitiva e a diminuição ou alteração das interações sociais são apenas alguns deles. 

 

A pensar neste tempo único em que vivemos, a Alzheimer Portugal tem vindo a desenvolver vários materiais de apoio que aqui vai disponibilizando.

Cadernos de Estimulação e Criatividade

08-04-2020

Este período em que temos que estar mais resguardados em casa traz desafios acrescidos para todos.

 

A mudança de rotinas, a diminuição da atividade física e cognitiva e a diminuição ou alteração das interações sociais são apenas alguns deles.

 

A pensar neste tempo único que vivemos, a Associação Alzheimer Portugal desenvolveu Cadernos de Estimulação e Criatividade. 

Estes manuais apresentam várias tipos de atividades de estimulação de diversas funções cognitivas ao mesmo tempo que pretendem estimular a criatividade, a imaginação e proporcionar momentos de bem-estar e inspiração.

 

Todas as semanas serão aqui disponibilizadas novas versões com dois níveis de dificuldade, um mais fácil (versão 1) e outro intermédio (versão 2), para que todos possam usufruir. Estes manuais foram concebidos para serem utilizados semanalmente, proporcionando a realização de diferentes atividades diariamente. Podem ser impressos ou, em alternativa, utilizados como guia com recurso a um computador.

 

Desejamos a todos umas boas criações!

Inscrições abertas para o Grupo Psicoeducativo para Cuidadores Familiares | Gabinete Cuidar Melhor Oeiras

04-03-2020

O Gabinete Cuidar Melhor de Oeiras está a receber candidaturas para uma nova resposta de apoio para Cuidadores Informais de Pessoas com Demência: O Grupo Psicoeducativo.

Este grupo permitirá trabalhar os desafios que se colocam quando se assume o papel de cuidar de uma Pessoa com Demência, funcionando entre pares e com a facilitação de um moderador com formação específica. 

As inscrições estão abertas até dia 8 de abril e o projeto iniciará no dia 15 de abril.

As sessões terão lugar no Centro de Juventude de Oeiras.

 

 

 

Informações sobre inscrições e participação:

Para participar deverá efetuar a sua inscrição até ao dia 8 de abril e posteriormente realizar entrevista com a moderadora.

A frequência no grupo tem um valor associado que é definido de acordo com os rendimentos de cada participante. 

- As instituições da comunidade podem referenciar os cuidadores informais até ao dia 8 abril através dos contactos do Cuidar Melhor Oeiras:

Linha de Apoio: 210 157 092 ou e-mail: geral@cuidarmelhor.org

 

Para mais informações contacte o Gabinete Cuidar Melhor Oeiras

Gabinete Cuidar Melhor Oeiras

Centro Juventude de Oeiras

Rua Monsenhor Ferreira de Melo, 2780-141 Nova Oeiras

Tel: 210 157 092

E-mail: geral@cuidarmelhor.org

Número Solidário 760 10 10 21

27-02-2020

760 10 10 21 é o novo número solidário da Alzheimer Portugal. Uma forma simples de fazer um donativo, bastando usar o seu telefone ou telemóvel.

 

Ao ligar para o 760 10 10 21 está a doar 0.60€ para a Alzheimer Portugal. O custo da chamada é de 0.60€ + IVA.

 

O valor angariado será utilizado para a realização de Sessões de Informação sobre Demências em todo o país.

IRS Solidário - Consignação do IRS

07-04-2020

Reverta 0,5% do seu IRS para a Alzheimer Portugal

 

 

Sabia que pode ajudar a Alzheimer Portugal fazendo reverter 0,5% do seu IRS, já pago, para a Associação?

Se ainda não selecionou a instituição que deseja apoiar com o seu imposto, pode fazê-lo aquando da entrega do seu IRS - até dia 30 de junho. 

Se quiser apoiar a Alzheimer Portugal, indique o contribuinte 502 069 635 no quadro 11 da folha de rosto.

 

 

 Esta opção não irá influenciar o seu reembolso.

 

Assim, uma parte do imposto que iria para o Estado é entregue à Alzheimer Portugal, ajudando-nos na nossa missão de promover a qualidade de vida das pessoas com demência e dos seus familiares e cuidadores.

 


 
Esta é uma alternativa aos donativos em dinheiro ou bens, uma forma de apoiar a Alzheimer Portugal, sem qualquer custo para si.

 
Poderá também decidir doar o benefício fiscal de 15% do IVA do E-Factura, no montante máximo de 250 euros. Neste caso, deverá selecionar o campo IVA e estará a reverter o seu benefício para a Associação.

Prevalência da Demência | Novo relatório da Alzheimer Europe 2019

18-02-2020

Tendo em conta que o mais recente destes estudos já datava de há seis anos, a Alzheimer Europe reconheceu a importância de se estabelecer estimativas mais recentes da prevalência da demência, para isso utilizando literatura académica mais atualizada sobre a matéria.

Os resultados apresentados abaixo baseiam-se numa análise colaborativa dos estudos publicados após a conclusão do projeto EuroCoDe. Nessa análise foram incluídos 16 estudos que cumpriam os critérios de qualidade pré-definidos.

Os resultados-chave deste relatório da Alzheimer Europe reportam:
    1.   Relativamente a indivíduos do sexo masculino: houve uma redução na prevalência da demência em todas as faixas etárias quando comparados com as estimativas do EuroCoDe 2008 da Alzheimer Europe.

2.    Relativamente a indivíduos do sexo feminino: à exceção do grupo etário compreendido entre os 75 e os 79 anos, houve uma redução na prevalência de demência nos últimos dez anos em comparação ao EuroCoDe.

3.   Estima-se que o número de pessoas com demência na União Europeia (UE27) seja de 7.853.705 e nos países europeus com representação na Alzheimer Europe de 9.780.678. Comparando com estimativas anteriores, estes números constituem uma redução significativa dos 8.785.645 para a EU27 e dos 10.935.444 para as outras regiões europeias.

As mulheres continuam a ser desproporcionalmente afetadas pela demência: 6.650.228 mulheres para 3.130.449 homens com demência na Europa.

4.    O número de pessoas com demência na Europa irá quase duplicar por volta de 2050, sofrendo um aumento para 14.298.671 na União Europeia e 18.846.286 na Europa.

O Anuário da Alzheimer Europe realça ainda limitações significativas na investigação disponível quanto à prevalência da demência, assim como a inexistência de investigação relativamente:
•    à prevalência de pessoas jovens com demência (i.e. pessoas com menos de 65 anos)
•    à prevalência dos diferentes tipos de demência
•    ao número de pessoas afetadas nos diferentes estadios, incluindo as com défice cognitivo ligeiro
•    à prevalência da demência em pessoas de minorias étnicas.


Analisando os dados de Portugal, verificamos que existe um ligeiro decréscimo da população portuguesa para o período 2018-2025, seguido de um decréscimo mais acentuado entre 2025 e 2050. Apesar do decréscimo da população, o número de pessoas com demência irá mais do que duplicar: de 193 516 em 2018 para 346 905 em 2050.
No mesmo sentido, em termos de percentagem da população no seu todo, as pessoas com demência representarão 3,82% em 2050, enquanto que em 2018 representavam 1,88%. 

Portugal ultrapassa a tendência europeia com os números quase a duplicar em 2050. 
Um fator determinante desta mudança será um aumento significativo do número de pessoas com mais de 70 anos e, em particular, a faixa das pessoas com mais de 85 anos a qual mais do que duplicará entre 2018 e 2050.

Giving Tuesday

14-11-2019

O Giving Tuesday é um movimento de escala mundial... Começou em 2012 como um dia para toda a gente, em qualquer lugar, doar e tornou-se no maior evento de solidariedade mundial. É hoje uma comunidade de milhões, lutando juntos para um mundo mais generoso.

 

O Giving Tuesday é o kick off da época de doar... Após dias de consumo desenfreado, é dia de retribuir a quem mais precisa!

 

Um dia por ano em que, em todo o Mundo, todos se juntam para doar a uma organização sem fins lucrativos à sua escolha, ou ter um acto de generosidade ou até doar uma simples hora de voluntariado, utilizando a força amplificadora da redes sociais para inspirar a fazer o bem

 

O GivingTuesday foi fundado com base numa simples ideia : unir as pessoas num dia de solidariedade. Desde 2012, propagou-se por todo o mundo, com mais de 160 países a participar, na edição de 2018. Este é o 8º ano deste movimento global e quase todos os países do mundo já participam no GivingTuesday.

 

Num mundo cada vez mais dividido, o GivingTuesday representa um novo ritual global baseado na alegria e esperança, acreditando que os actos de generosidade e solidariedade podem transcender fronteiras, raças, religiões e ideais políticos, estabelecendo fortes ligações entre as pessoas.

 

Quer juntar-se a este movimento e fazer um donativo à Alzheimer Portugal? Veja como o pode fazer em http://alzheimerportugal.org/pt/text-0-12-62-99-donativos-gerais

 

 

Para saber mais sobre o Giving Tuesday visite: https://www.givingtuesday.pt/

CONFERÊNCIA VIVER MELHOR COM DEMÊNCIA, EM NOSSA CASA

20-11-2019

Encontro de Partilha e Disseminação de Boas Práticas

29 de novembro de 2019
Auditório do Hospital Magalhães Lemos  |  Porto

INSCRIÇÕES
Até dia 15 de novembro:
- Associados e estudantes: 15€
- Não associados: 35€

Depois de dia 16 de novembro:
- Associados e estudantes: 20€
- Não associados: 40€

 

Descarregue aqui o programa.

 

Para mais informações:
Email: conferencia2019@alzheimerportugal.org
Telefone: 229 260 912 | 226 066 863

5º Encontro de Profissionais "Cuidados a Prestar na Demência"

23-10-2019

Na sequência das edições anteriores, a Alzheimer Portugal e o projeto Cuidar Melhor realizam no final deste ano o 5º Encontro de Profissionais "Cuidados a Prestar na Demência - Uma abordagem Prática e Integrada", em conjunto com o Município de Oeiras. 

 

Convidamos os profissionais que trabalham na área das demências a participar neste encontro que terá lugar no dia dia 24 de outubro, no Auditório Ruy de Carvalho, em Carnaxide, Oeiras. 


Inscrições:
Valor: 25€


Para mais informações contactar: 
Linha Cuidar Melhor - 210 157 092
Email - geral@cuidarmelhor.org
 

Tertúlia “Que futuro para o tratamento da Demência?”

23-09-2019

28 de setembro de 2019 | Das 16h às 18h
Biblioteca Municipal de S. Domingos de Rana, Cascais

No âmbito do Programa "ConViver com a Demência", numa parceria entre o Rotary Club Cascais Estoril, a Alzheimer Portugal e o Município de Cascais, terá lugar no próximo dia 28 de setembro a Tertúlia "Que futuro para o tratamento da demência?".

Oradora: Dra. Ana Valverde, Neurologista | Hospital Professor Doutor Fernando Fonseca, EPE.
Moderadora: Dra. Catarina Alvarez, Neusopsicóloga, Coordenadora de Projetos na Alzheimer Portugal

A participação é gratuita e não é necessária inscrição.


Para mais informações, contactar o Gabinete Cuidar Melhor de Cascais
Tel: 210 157 092 | E-mail: geral@cuidarmelhor.org


Local: Biblioteca Municipal de S. Domingos de Rana
Rua das Travessas 128, Bairro do Moinho, Massapés, 2785-285 São Domingos de Rana
Localização Google Maps: https://goo.gl/maps/BjKCpoLVPvTGFTKh8
 

Exposição “ConViver com a Demência”

11-09-2019

De 14 a 28 de setembro | Biblioteca Municipal de S. Domingos de Rana, Cascais

A exposição “ConViver com a Demência” é promovida pelo Rotary Club de Cascais-Estoril em parceria com a Alzheimer Portugal e o Município de Cascais e conta ainda com o apoio Inner-Wheel Cascais-Estoril e o Rotary Club Parede-Carcavelos.

Constitui uma das várias iniciativas do programa “ConViver com a Demência” que está a decorrer no Município de Cascais até ao dia 28 de Setembro, mês em que se assinala o Dia Mundial da Pessoa com doença de Alzheimer. 

Os trabalhos artísticos consistem em telas, peças tridimensionais e vídeos e os artistas são beneficiários e colaboradores de nove equipamentos e respostas sociais para pessoas idosas do concelho de Cascais, a saber:
AISA – Associação de Apoio Social Nossa Senhora da Assunção
Centro Psicogeriátrico Nossa Senhora de Fátima
Centro Comunitário da paróquia de Carcavelos   
Lar da Bafureira – Cáritas Diocesana de Lisboa
Casa do Alecrim – Associação Alzheimer Portugal
Espaços Séniores da Junta de Freguesia de Cascais-estoril
Espaço Sénior do Bairro do Rosário
Espaço Sénior da Pampilheira
Espaço Sénior Guilherme Augusto Santa Rita 
Residência Santa Teresinha 

A fonte de inspiração para a realização das obras de arte e trabalhos criativos expostos consiste nas cinco mensagens da campanha ”Amigos na Demência” 
A demência não faz parte do envelhecimento normal;
A demência é causada por doenças do cérebro;
A demência não se resume à perda de memória;
É possível viver melhor com demência;
A pessoa é muito mais do que a demência.

A campanha “Amigos na Demência” promovida pela Alzheimer Portugal visa mudar a forma como o nosso país pensa, age e fala sobre a demênciae e tem por objetivo geral aumentar a compreensão sobre as demências no nosso país e convidar os cidadãos, incluindo as entidades públicas, as empresas e as organizações do terceiro setor, a comprometerem-se ativamente na melhoria do dia a dia das Pessoas com Demência. 

A exposição é inaugurada no dia 14 de setembro às 10h e estará em exibição até ao dia 28 na Biblioteca Municipal de S. Domingos de Rana, em Cascais (Rua das Travessas 128, Bairro do Moinho, Massapés). O espaço abre todos os dias das 9h às 18h00. A entrada é gratuita.
 

JÁ TEMOS ESTATUTO DO CUIDADOR INFORMAL?

08-09-2019

A 6 de Setembro é publicado o Estatuto do Cuidador Informal, anexo à Lei nº 100/2019.

Tendo sido aprovado pelo Parlamento, por unanimidade, a 5 de Julho e promulgado pelo Presidente da República a 6 de Agosto, apenas a 6 de Setembro é publicado o Estatuto do Cuidador Informal, anexo à Lei nº 100/2019.

 

Ficam assim regulados os direitos e os deveres do cuidador e da pessoa cuidada e estabelecem-se as respectivas medidas de apoio.

 

Mas, o que muda, de imediato, para o cuidador?

 

Ficamos a saber quais os cuidadores e quais as pessoas cuidadas que podem vir a beneficiar deste Estatuto.

Formação para Embaixadores Amigos na Demência

31-08-2019

Quer contribuir ativamente para mudar a forma como Portugal pensa, age e fala sobre as demências? Quer ser um Embaixador Amigos na Demência?

 

Para se tornar Embaixador é obrigatória a frequência da formação completa de um dia. No decorrer da formação, os candidatos a Embaixadores serão avaliados e a sua aprovação enquanto Embaixadores será confirmada posteriormente pela Equipa Amigos na Demência. 

Objetivo Geral da Atividade Formativa:
Capacitar os formandos para o desempenho do seu papel enquanto Embaixadores Amigos na Demência e para a realização de Sessões de Informação Amigos na Demência.

O que é um Embaixador?
Um Embaixador é um voluntário  que recebe formação da Alzheimer Portugal para dinamizar Sessões de Informação estruturadas sobre a demência, com um guião e materiais próprios. 

Um Embaixador Amigos na Demência tem como missão ajudar a inspirar outros a aprender um pouco mais sobre a demência e a comprometerem se ativamente na melhoria do dia a dia das Pessoas com Demência.

Sessões de Informação “Amigos na Demência”

31-08-2019

A Alzheimer Portugal, em parceria com a Sonae Sierra e o INR (Instituto Nacional de Reabilitação), promove nos meses de Setembro e Outubro Sessões de Informação sobre a Demência em diversos Centros Comerciais por todo o país.

 

As Sessões de Informação Amigos na Demência são uma forma interativa e dinâmica de aprender um pouco mais sobre a demência e comprender como é que a demência afeta as pessoas. Dinamizada por um Embaixador Voluntário, cada sessão tem a duração aproximada de 1 hora. Através de atividades e debates, são abordadas 5 mensagens chave que todas as pessoas deveriam saber sobre a demência:

  • A demência não faz parte do envelhecimento normal.

  • A demência é causada por doenças do cérebero.

  • A demência não se resume à perda de memória.

  • É possível viver melhor com demência.

  • A pessoa é muito mais do que a demência.

 

O arranque destas Sessões de Informação será a 8 de Setembro, no Centro Colombo em Lisboa e no NorteShopping no Porto. Em ambos os Centros, as sessões terão início pelas 10h30. A participação é gratuita e aberta a toda a população.

 

A Campanha Amigos na Demência é uma iniciativa da Alzheimer Portugal (adaptação na campanha original Dementia Friends da Alzheimer’s Society do Reino Unido). É a maior iniciativa de sempre lançada com o objetivo de mudar a perceção da sociedade e reduzir o estigma. Pretende-se mudar a forma como o país pensa, age e fala sobre a Demência e convidar todos os cidadãos a comprometerem-se ativamente na melhoria do dia a dia das pessoas com demência.

O estigma e a falta de conhecimento levam muitas Pessoas com Demência ao isolamento e à exclusão social, pelo que a Campanha espera conseguir alterar esta realidade, criando uma sociedade mais amiga das Pessoas com Demência.

 

Com esta campanha, a Associação pretende dar resposta aos mais recentes apelos internacionais para que se desenvolvam iniciativas que contribuam para sociedades amigas das pessoas com demência. O “Plano de Ação Global de Resposta da Saúde Pública à Demência 2017-2025” da Organização Mundial da Saúde contém sete linhas de ação, sendo que a segunda linha de ação trata da consciencialização sobre a demência e “friendliness”. 

Programa "ConViver com a Demência"

22-08-2019

Junte-se a nós e participe nos vários eventos de 7 a 28 de Setembro em Cascais.


PASSEIO DA MEMÓRIA DE CASCAIS
Data: 07/09 | Das 10h00 às 12h30
Local: Jardim do Parque Marechal Carmona


EXPOSIÇÃO ”CONVIVER COM A DEMÊNCIA”
Data: 14 a 28/09  |  De 2a a 6a das 10h às 18  |  Sábados das 10h às 13h e das 14h às 18h
Local: Biblioteca Municipal de S. Domingos de Rana


SESSÕES DE INFORMAÇÃO “AMIGOS NA DEMÊNCIA”
Datas: 
14/09 | das 11h às 12h 
28/09 | das 15h às 16h
Local: Biblioteca Municipal de S. Domingos de Rana


FORMAÇÃO PARA VOLUNTÁRIOS EMBAIXADORES "AMIGOS NA DEMÊNCIA" 
Data: 24/09 | das 9h30 às 17h30
Local: Biblioteca Municipal de S. Domingos de Rana


CAFÉ MEMÓRIA DE CASCAIS
Data: 21/09 | Das 9h às 11h
Local: Restaurante Portugália – Cascaishopping
Tema da sessão: “Cuidar do Cuidador”


TERTÚLIA: “QUE FUTURO PARA O TRATAMENTO DA DEMÊNCIA?”
Data: 28/09 | Das 16h às 18h
Local: Biblioteca Municipal de S. Domingos de Rana

 

Para mais informações, contactar o Gabinete Cuidar Melhor de Cascais
Tel: 210 157 092 | E-mail: geral@cuidarmelhor.org
 

Regime do Maior Acompanhado faz hoje um ano!

13-08-2019

Um Regime novo e inovador, concebido em conformidade com a Convenção dos Direitos das Pessoas com Deficiência

Decorrido um ano sobre a publicação da Lei nº 49/2018 de 14.08 que cria o Regime do Maior Acompanhado, substituindo os anteriores regimes da interdição e da inabilitação, muitas têm sido as dúvidas que os associados e público em geral nos colocam, nomeadamente através da Linha Informar e Apoiar Mais.

 

São também muitos os profissionais e familiares que têm procurado as formações da Alzheimer Portugal sobre este tema. 

 

Na verdade, o Regime, que entrou em vigor apenas há seis meses, a 10 de Fevereiro último, criou, por parte de instituições e familiares de pessoas com demência, grande expectativa, curiosidade e vontade de conhecer e aproveitar o potencial deste novo paradigma na promoção dos direitos das pessoas com capacidade diminuída.

 

Um Regime novo e inovador, concebido em conformidade com a Convenção dos Direitos das Pessoas com Deficiência, dirige-se a todas as pessoas, maiores, que, por razões de saúde, deficiência ou pelo seu comportamento, se encontrem impossibilitadas de exercer plena, pessoal e conscientemente os seus direitos ou de, nos mesmos termos, cumprir os seus deveres.

 

Trata-se um processo judicial, isento de custas – ação especial de acompanhamento de maior - através do qual, e sempre numa perspetiva de promover ao máximo a Autonomia da Pessoa e a Promoção dos seus Direitos, se vão decretar as medidas de acompanhamento de que a mesma, em concreto, necessita.

 

O próprio pode requerer as medidas de acompanhamento de que carece. Assim como pode tomar diversas decisões antecipadamente: Testamento Vital e/ou Procuração para Cuidados de Saúde (o que já é possível fazer desde 2012 – Lei nº 25/2012 de 16.07) mas também escolher antecipadamente por quem quer ser assistido ou representado em futura situação de capacidade diminuída – Escolha do Acompanhante; celebrar contrato de Mandato com vista ao Acompanhamento incumbindo pessoa da sua confiança para gerir diversos assuntos da sua vida (de natureza pessoal ou patrimonial).

 

Estas ferramentas jurídicas podem ser muito úteis, permitindo que seja o próprio a decidir sobre diversos aspectos do seu futuro, fazendo valer a sua vontade e evitando situações de conflito (cada familiar pode ter o seu entendimento) ou de impasse (não existe ninguém com legitimidade para decidir).

 

Contudo, é necessário que a pessoa esteja em condições de tomar decisões livres e esclarecidas. Por essa razão, importa sensibilizar o cidadão comum para as vantagens de conhecer os seus Direitos e informar sobre como os exercer enquanto está em condições de o fazer.

 

É importante conhecer o Novo Regime do Maior Acompanhado. O que é? O que fazer para requerer medidas de acompanhamento? Quem o pode requerer? Em que circunstância? São todos aspectos importantes. Mas, não menos importante é saber que podemos decidir sobre o nosso futuro. O Novo Regime reconhece relevância à vontade antecipadamente expressa. 

 

Todos estes tópicos são desenvolvidos na formação da Alzheimer Portugal numa perspectiva muito prática. A próxima será em Lisboa no dia 3 de Outubro.

O Passeio da Memória está de volta

30-06-2019

Vamos criar boas memórias!

 

As caminhadas solidárias da Alzheimer Portugal estão de volta!

Este ano, a Alzheimer Portugal vai realizar o seu evento solidário entre abril e novembro, tendo início dia 28 de abril em Vila Franca de Xira! 

 

Na edição deste ano, as caminhadas solidárias da Alzheimer Portugal terão lugar, novamente, em vários locais de Norte a Sul de Portugal, incluindo os arquipélagos dos Açores e da Madeira. À semelhança do ano anterior, em alguns locais, o Passeio da Memória terá ainda a vertente corrida ou peddy-papper.

 

Em 2018, o Passeio da Memória teve lugar em 67 locais por todo o país, assinalando o mês de Setembro, Mês Mundial da Doença de Alzheimer. Neste ano de 2019, os Passeios da Memória não terão lugar apenas em setembro, mas sim ao longo do ano, entre Abril e Novembro. Os fundos das inscrições (donativo livre) reverterão para a Alzheimer Portugal. 

 

Com esta iniciativa, que conta com o apoio dos Municípios, a Associação ambiciona desenvolver um conjunto de ações locais que permitam chegar à população em vários momentos ao longo do ano. 50% do valor angariado em cada local será utilizado para a realização de ações que contribuirão para o grande propósito de aumentar os conhecimentos da população sobre a demência, tais como como ações de informação ou atividades formativas.

 

As inscrições devem ser efetuadas no site da iniciativa, ou presencialmente em cada município, na Sede, Delegações ou Gabinetes da Alzheimer Portugal, bem como no próprio dia no local da ação. 

A inscrição pressupõe um donativo mínimo de valor livre.

22 de julho | Dia Mundial do Cérebro

21-07-2019

O papel do Cérebro na nossa vida e na descoberta do mundo.

Em 2014, a World Federation of Neurology (WFN), instituiu o Dia Mundial do Cérebro, a 22 de julho, com o objetivo de chamar a atenção para o papel do Cérebro na nossa vida e na descoberta do mundo.

Plano integrado para as doenças crónicas e raras

25-06-2019

AGENDA DA SAÚDE PARA O CIDADÃO

Plano integrado para as doenças crónicas e raras

 

Definir uma estratégia nacional para as doenças crónicas e raras que garanta igual acesso do cidadão ao Serviço Nacional de Saúde. 

 

As Doenças Crónicas são responsáveis por cerca de 86% de todas as mortes na União Europeia e por 80% dos custos dos sistemas de Saúde. Em Portugal, as doenças crónicas são responsáveis por uma taxa elevada de incapacidade para o trabalho e estão entre as dez principais causas de morte. 

 

Há um conjunto de doenças que, apesar de não serem designadas por doenças crónicas, partilham os mesmos factores de risco e, por isso, devem ser igualmente consideradas.

 

Estima-se que existam entre 5 000 e 8 000 doenças raras diferentes, afectando no seu conjunto até 6% da população, o que significa que podem existir até 600 000 pessoas com estas patologias em Portugal.

Gabinete Cuidar Melhor de Cascais promove formações para profissionais

19-05-2019

No próximo mês de junho, o Gabinete Cuidar Melhor de Cascais, de apoio a familiares e cuidadores de pessoas com demência, vai realizar dois workshops destinados a profissionais dos equipamentos sociais do concelho de Cascais.

 

- "Intervenção Cognitiva" | 5 de junho - 14h às 18h | Para Técnicos

Formadora: Isabel Sousa - Psicóloga | Associação Alzheimer Portugal

- "O processo de luto do cuidador profissional" | 7 de junho - 14h às 18h | Para ajudantes de ação direta

Formadora: Catarina Alvarez - Psicóloga | Associação Alzheimer Portugal

 

As formações realizam-se no Centro de Interpretação Ambiental da Pedra do Sal - CIAPS (na avenida Marginal, em São Pedro do Estoril). 

 

A participação é gratuita, mas é necessário inscrição através do e-mail geral@cuidarmelhor.org ou do telefone 210 157 092.

Alzheimer Portugal faz parte do Hoope

01-05-2019

Aproximar Associações de Doentes dos cidadãos, simplificar o acesso às Associações, aos serviços por elas prestados e a informação sobre direitos e apoios ao dispor dos doentes. Foi com este grande objetivo que 28 associações de doentes nacionais se uniram na criação do Hoope – um portal que ajuda os doentes a encontrar a sua Associação, apresentado na Fundação Calouste Gulbenkian.

Sessão Informativa Testamento Vital - Cuidar Melhor Peniche

30-04-2019

O Testamento Vital é um documento que todos podemos elaborar para melhor preparar o futuro no que respeita aos cuidados de saúde que desejamos ou não receber, em situação de incapacidade.
No âmbito da programação da Rota da Saúde e integrado nas ações do Gabinete Cuidar Melhor de Peniche, no dia 22 de maio, às 21h00, no Auditório Municipal, vamos falar sobre Testamento Vital.
Na sessão haverá oportunidade de obter informação, esclarecer dúvidas e refletir sobre este tema de cidadania tão importante e atual.
Palestrante: Catarina Alvarez – Psicóloga e Jurista – Coordenadora de projetos da Associação Alzheimer Portugal.

Conferência «Ensaios Clínicos: Por uma Melhor Participação do Cidadão»

28-04-2019

24 de maio de 2019
Auditório Tomé Pires, Infarmed,  Lisboa.


A Alzheimer Portugal organiza, no âmbito do Dia do Ensaio Clínico, a conferência “Ensaios clínicos: Por uma melhor participação do cidadão”, a 24 de maio, no auditório Tomé Pires, no INFARMED, em Lisboa.

Este é um evento da Alzheimer Portugal que conta com a presença e participação de associações como a Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla e a Associação Portuguesa de Doentes de Parkinson. 
 

ASSINE A NOVA LEI DE BASES DA SAÚDE!

02-04-2019

A nossa Saúde precisa de um SNS forte, independente e que apoie todos os cidadãos, principalmente os que mais necessitam. Para que tal aconteça precisamos de uma Lei de Bases que garanta estes princípios e que nos deixe tranquilos quanto ao futuro dos nossos filhos e netos.

 

A ALZHEIMER PORTUGAL em conjunto com mais vinte associações de doentes e de cidadãos, apoia a proposta #NovaLeideBasesdaSaúde, criada pela comissão presidida por Maria de Belém Roseira, que apresentou um trabalho independente, transparente e participado, suportado num exercício técnico e científico rigoroso, que congrega o contributo de todos.

 

Juntem-se ao movimento cívico e assinem e partilhem a petição da nossa iniciativa legislativa. Precisamos de 20.000 assinaturas para proteger a nossa qualidade de vida e o nosso direito à saúde.

REGIME DO MAIOR ACOMPANHADO ENTRA EM VIGOR

11-02-2019

Chegaram ao fim os processos de interdição e de inabilitação.

A partir de agora, o Regime do Maior Acompanhado, aprovado pela Lei nº 49/2018 de 14.08, permite a qualquer pessoa que, por razões de saúde, deficiência ou pelo seu comportamento se encontre impossibilitada de exercer pessoal, plena e conscientemente os seus direitos ou de cumprir os seus deveres, possa requerer junto do Tribunal as necessárias medidas de acompanhamento. Permite ainda que possa escolher por quem quer ser acompanhado (pessoa ou pessoas incumbidas de a ajudar ou representar na tomada de decisões de natureza pessoal ou patrimonial).

As medidas de acompanhamento podem também ser requeridas pelo Ministério Público, pelo cônjuge, pelo unido de facto ou por qualquer parente sucessível da pessoa que carece daquelas medidas.

 

Qualquer adulto pode escolher antecipadamente o seu “acompanhante” e essa vontade deve ser respeitada. 

O acompanhamento do maior visa assegurar o seu bem-estar, a sua recuperação, o pleno exercício de todos os seus direitos e o cumprimento dos seus deveres, salvo as excepções legais ou determinadas por sentença.

Mulheres e Demência na Europa

23-01-2019

No passado dia 22 de Janeiro, no Parlamento Europeu, o ”European Institute of Women’s Health (EIWH)” lançou uma importante iniciativa corporizada no documento: “Position Paper on Women and Dementia: Addressing the disproportionate burden of dementia on women”. 

 

Na mesma ocasião, foi lançado o Conselho Consultivo daquele Instituto. Deste fazem parte: Mercè Boada, da Fundação ACE, Maria do Rosário Zincke dos Reis, da Alzheimer Portugal, Stecy Yghemonos, Director Executivo da Eurocarers, Julia Wadoux, Coordenadora de Política e Projectos da Age-Platform EU e Fréderic Destrebecq, do European Brain Council. 

 

Estiveram presentes várias deputadas do Parlamento Europeu, nomeadamente Marisa Matias que recentemente conseguiu fazer aprovar neste Parlamento uma proposta de Resolução sobre a Igualdade de Género e as Políticas Fiscais na UE*. 

PROPOSTA DE LEI DE BASES DA SAÚDE NÃO RECONHECE O CUIDADOR INFORMAL

20-12-2018

No Público de 17.12.2018 o Professor Fernando Araújo, ex-Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, escreve:

 

“….existem eixos importantes da proposta inicial (Proposta de Lei de Bases elaborada pela Comissão Presidida pela Dra. Maria de Belém) que não foram incluídas na versão final e que deveriam voltar a ser ponderados, fulcrais para a afirmação do SNS e estruturantes para o desenvolvimento da saúde em Portugal.

 

Sublinham-se as bases da Lei como a descentralização ……, a promoção do reconhecimento do papel do cuidador informal (esta vertente deve estar impregnada de forma profunda no seu DNA), a priorização da saúde mental ……………”.(negrito nosso)

 

Na verdade, foi com muita surpresa e desapontamento que assistimos ao desperdício de um trabalho bem ponderado, participado e muito bem conseguido como documento, apartidário, “estruturante para o desenvolvimento da Saúde em Portugal”. 

 

Aí, quanto ao cuidador informal podemos ler:

“1 - É promovido o papel da família, das pessoas próximas e da comunidade na saúde e no bem-estar das pessoas com doença, dependência e/ou perda de funcionalidade ou em risco de a perder, quando a pessoa manifeste tal vontade.

2 - A lei estabelece o estatuto dos cuidadores informais de pessoas em situação de doença crónica, deficiência e/ou dependência, parcial ou total, transitória ou definitiva, ou noutra condição de fragilidade e necessidade de cuidados, os seus direitos e deveres, com vista a assegurar a qualidade dos cuidados informais e o bem-estar das pessoas cuidadas e dos cuidadores informais.

3 - A lei deve promover o reconhecimento do importante papel do cuidador informal, a sua responsabilização e capacitação para a prestação, com qualidade e segurança, dos cuidados básicos regulares e não especializados que realizam.

4 - A lei deve ainda assegurar a articulação entre a pessoa cuidada e os serviços de saúde e a implementação do plano integrado de prestação de cuidados de saúde de que a pessoa carece.

5 - O Estado, através do ministério que tutela a área da saúde, em conjunto com os ministérios que tutelam as áreas do trabalho e a da segurança social, define as medidas de apoio aos cuidadores informais e às pessoas cuidadas, com vista a assegurar a qualidade dos cuidados informais e a melhoria da qualidade de vida da pessoa com dependência e a apoiar o cuidador informal.”

 

Na proposta que o Governo apresentou à Assembleia da República, a referência que encontramos ao cuidador (Base 3, nº 4 sobre Política de Saúde) é a seguinte :

“A política de saúde deve incentivar a adoção de medidas promotoras da responsabilidade social, individual e colectiva, nomeadamente apoiando voluntários, cuidadores informais e dadores benévolos.”

 

É muito pouco ou quase nada!

 

A Alzheimer Portugal ocupa-se e preocupa-se há 30 anos com os cuidadores de pessoas com doença de Alzheimer e outras formas de demência. Conhece bem o impacto da doença no cuidador. Cuidar pode ser uma tarefa de 24 horas e 365 dias por ano, com muita carga física, emocional e financeira também. Pode significar interromper ou acabar com uma carreira profissional. Pode significar a destruição de uma família. E são os cuidadores informais os principais prestadores de cuidados. Continuar a contar com o trabalho voluntário destas pessoas sem qualquer tipo de reconhecimento é desumano, desrespeitador da dignidade de quem, por amor, dedicação ou falta de alternativa, assume o desafio de cuidar.

 

Revela ainda uma enorme falta de visão. Está demonstrado que negligenciar os cuidados informais põe em causa o sucesso das políticas sociais e de saúde. Os cuidadores informais são um fator de sustentabilidade dos sistemas sociais e de saúde, como tem sido reconhecido em diversos trabalhos e políticas europeias. E como é sabido mas não reconhecido por quem nos governa. 

Como é possível a hospitalização domiciliária sem um cuidador devidamente capacitado? Como queremos privilegiar os cuidados no domicílio sem o suporte das famílias?

 

Não vamos abandonar este tema e faremos o que estiver ao nosso alcance para conseguir que a Lei de Bases da Saúde que vier a ser aprovada pelo Parlamento não esqueça o essencial e que sirva para enquadrar as políticas que urge criar e implementar tendo em vista a melhor qualidade de vida dos portugueses, dos quais, mais de 800 000 são cuidadores informais.

Postal de Natal Solidário

10-12-2018

Neste Natal, o seu presente pode ser uma contribuição para uma sociedade mais inclusiva. Todos nós precisamos de amor, compreensão e amigos, sobretudo quando estamos doentes. 

 

Faça um donativo (mínimo 2€) à Alzheimer Portugal e receba um postal que simboliza essa mesma contribuição e que pode oferecer como presente aos seus familiares e amigos.

 

Como pode adquirir o seu postal solidário?

Preencha o formulário, selecione a opção de pagamento por Multibanco e no campo "Observações" escreva "Postal de Natal Solidário".

 

Receberá no email  a Entidade e Referência para efetivar o seu donativo (mínimo 2€).

 

Após a confirmação de pagamento, será enviada para a sua morada o Postal de Natal Solidário, que poderá oferecer como símbolo da sua doação.

 

 

 

Juntos, vamos tornar a Sociedade mais Amiga das Pessoas com Demência!

 

Feliz Natal!

 

 

Para qualquer questão, contacte-nos para o email info@alzheimerportugal.org

Dia Internacional do Voluntariado

05-12-2018

No dia 5 de Dezembro assinala-se o Dia Internacional do Voluntariado, efeméride estabelecida por resolução das Nações Unidas de 1985, com o objetivo de sensibilizar e incentivar a sociedade civil a dar visibilidade e a valorizar o trabalho realizado por voluntários/as que diariamente e de forma desinteressada apoiam com o seu trabalho a comunidade onde se inserem.

 

A Alzheimer Portugal orgulha-se de poder contar com vários voluntários/as, das mais diversas áreas e de diferentes idades, que trabalham nos seus diversos serviços a nível nacional. 

 

Reconhecendo todo o empenho e dedicação com que cada voluntário/a abraça esta nossa causa, de lutar diariamente por uma sociedade que reconheça os direitos das pessoas com demência e dos seus cuidadores, a Alzheimer Portugal manifesta aqui publicamente o seu mais respeitoso agradecimento a cada um/a, ao longo destes 30 anos.

 

Muito obrigado!

Venda de Natal 2018

26-11-2018

A Venda de Natal de 2018 da Alzheimer Portugal abre portas no dia 1 de dezembro, no Mercado de Alvalade, em Lisboa.

As verbas angariadas na Venda de Natal da Alzheimer Portugal revertem a favor do Programa «Apoio na Incontinência», um projeto que oferece apoio aos associados para a obtenção de materiais para a incontinência, mediante uma candidatura.

Sendo já uma tradição na Associação, a Venda de Natal começou com contornos mais pequenos e tem vindo a cada ano a tornar-se maior, permitindo ajudar cada vez mais associados.

São vários os produtos que poderá encontrar na Venda de Natal, desde bijutaria, artigos de decoração, artesanato ou obras de arte.

 

 

Transportes:

 

Autocarros: 717, 735, 744, 755, 767

 

Metro: Linha Verde – Alvalade

 

 

* excepto dias 25 e 26 de dezembro

Concerto Solidário Pedro Jóia

30-10-2018

Pedro Jóia atuará num Concerto Solidário para a Alzheimer Portugal, no dia 22 de novembro, no Teatro Armando Cortez.

O valor do donativo para assistir ao concerto é de 10 euros por pessoa, valor que reverte integralmente para a Alzheimer Portugal.

 

 

Donativo 10€ / pessoa

 

Inscreva-se preenchendo o seguinte formulário:

 

FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO

 

No campo "Pagamento", selecione Multibanco e introduza o valor correspondente (10€ por pessoa). 

 

No campo "Mais informações", selecione Inscrição em "Concerto Solidário".

 

Receberá um email com os dados para pagamento. Assim que efetuar o pagamento, a sua inscrição está validada. Não é necessário que nos envie o comprovativo.

 

 

 

Para mais informações pode contactar-nos para o telefone 213 610 460

Novo Gabinete Cuidar Melhor de Peniche

29-10-2018

No dia 29 de outubro, no Auditório do Edifício Cultural da Câmara Municipal de Peniche, teve lugar a sessão de inauguração do Gabinete CUIDAR MELHOR PENICHE.

O Gabinete vai funcionar às quartas-feiras no Edifício da Parreirinha, na Travessa dos Mareantes, a partir de dia 7 de Novembro.

Novo Gabinete Cuidar Melhor de Almada

11-10-2018

No dia 12 de outubro, no âmbito do projeto Almada Somos Nós, foi assinado o protocolo de parceria para a criação e funcionamento do Gabinete Cuidar Melhor de Almada, entre a Câmara Municipal de Almada, a Associação Alzheimer Portugal e a Santa Casa da Misericórdia de Almada.

O Gabinete vai funcionar às segundas-feiras, no Centro de Apoio Integrado a Idosos, na Rua D. José de Mascarenhas, 40, a partir de dia 26 de novembro

Gabinete Cuidar Melhor de Cascais promove formações para familiares e cuidadores

10-10-2018

Nos meses de Outubro e Dezembro, o Gabinete Cuidar Melhor de Cascais, de apoio a familiares e cuidadores de pessoas com demência, vai realizar duas formações para cuidadores familiares dedicadas aos seguintes temas:  

 

- "Demências: Aspetos jurídicos" - 23 de Outubro de 2018 - 14h às 18h

Formadora: Maria do Rosário Zincke dos Reis - Advogada | Associação Alzheimer Portugal

 

 

- "O Bem-estar emocional do cuidador" - 5 de Dezembro de 2018 - 14h às 18h

Formadora: Ana Isabel Paiva | Gabinete Cuidar Melhor

 

 

As formações realizam-se no Centro de Interpretação Ambiental da Pedra do Sal (na avenida Marginal, em São Pedro do Estoril). 

 

 

A inscrição tem um custo de 20€ por participante e poderá ser efetuada através do e-mail geral@cuidarmelhor.org ou do telefone 210 157 092.

 

 

Pode consultar o programa aqui 

Participação no IV Congresso da Ordem dos Psicólogos

13-09-2018

A Alzheimer Portugal esteve presente no IV Congresso da Ordem dos Psicólogos, no dia 14 de setembro em Braga, com a apresentação de dois posters sobre os projetos Cuidar Melhor e Café Memória.

Conferência «Uma Visão Holística sobre as Demências»

03-09-2018

Nos próximos dias 22 e 23 de Novembro, na Fundação Calouste Gulbenkian, a Alzheimer Portugal acolhe todos aqueles que se lhe quiserem juntar para comemorar o 30º aniversário da sua existência através da partilha de conhecimento e experiência, de boas práticas e também de discussão sobre as políticas sem esquecer a promoção dos Direitos das Pessoas com Demência.

 

 

Nesta conferência pretendemos:

 

a) Promover o debate sobre o que tem sido feito a nível da Investigação e da Intervenção Clínica e perspetivas futuras - avanços no diagnóstico, ensaios clínicos em curso – bem como sobre a importância de envolver o cidadão em geral e as pessoas com demência na investigação, envolvimento indispensável para que se caminhe no sentido da melhor qualidade de vida;

 

b)  Debater questões éticas e jurídicas que se levantam em torno da participação na investigação por parte de pessoas com diagnóstico de demência e também de pessoas em fases pré clínicas, com ou sem sinais no cérebro. 

 

c) Sensibilizar os vários profissionais de saúde e de apoio social para a importância de partilharem conhecimento, experiência e técnica, com especial destaque para a articulação dos cuidados de saúde primários com os especialistas, das respostas sociais entre si e com aqueles, bem como com a comunidade, famílias e pessoas com demência, desde a deteção dos primeiros sinais e ao longo de todo o percurso de vida, passando pelo diagnóstico, precoce e rigoroso;

 

d) Discutir as políticas existentes e a criar sobre ou com repercussões na vida das pessoas com demência e suas famílias;

 

 

e) Promover o debate sobre a promoção dos direitos das pessoas com demência, tendo presente o enquadramento jurídico existente e as perspetivas de mudança no que respeita à necessidade de acompanhamento ou representação na tomada de decisões sobre os mais diversos aspetos da sua vida (questões pessoais, nomeadamente de saúde, e património);

 

f) Sensibilizar, com experiências concretas, para a importância de envolver as pessoas com demência na vida em sociedade e na tomada de decisões e combater o estigma;

 

 

 

PROGRAMA

Consulte o Programa AQUI

Lei do Maior Acompanhado

13-08-2018

Lei nº 49/2018 que aprova Lei do Maior Acompanhado, foi publicada no dia 14.08.2018.

 

Contudo, apenas entrará em vigor decorridos 180 dias após a sua publicação.

 

Trata-se de substituir o ainda atual regime das interdições e inabilitações previstas no Código Civil por um regime mais flexível através do qual se pretende que alguém com capacidade diminuída, em virtude de processo de demência ou por qualquer outra situação que comprometa a faculdade de tomar decisões livres e esclarecidas, não veja a sua autonomia e os seus direitos limitados para além do necessário.

 

Bem elucidativa da promoção da autonomia é a possibilidade que passa a existir de a própria pessoa escolher por quem pretende ser auxiliada ou representada na gestão dos diversos aspetos da sua vida. Ou seja, escolher o seu acompanhante usando a terminologia da nova Lei.

 

Prevê-se ainda que a sentença que vier a decretar as medidas de acompanhamento tenha que referir expressamente a existência de testamento vital e procuração para cuidados de saúde e acautelar o respeito pela vontade antecipadamente expressa.

 

De salientar que os processos de acompanhamento passam a ter carater urgente.

 

A Alzheimer Portugal há muito que vinha reivindicando a necessidade urgente desta mudança. É assim, com satisfação que acolhemos esta iniciativa legislativa, esperando que todos os intervenientes se adaptem bem e rapidamente a esta mudança de paradigma, exigente para magistrados, advogados, peritos médicos e cidadãos.

 

Este será um dos grandes temas da conferência comemorativa do 30º aniversário da Alzheimer Portugal – “Uma Visão Holística sobre as Demências” a ter lugar nos dias 22 e 23 de Novembro na Fundação Calouste Gulbenkian.

 

 

Consulte aqui a Lei n.º 49/2018: https://dre.pt/web/guest/home/-/dre/116043536/details/maximized?serie=I&day=2018-08-14&date=2018-08-01 

Passeio da Memória 2018

09-08-2018

A Alzheimer Portugal vai realizar durante o mês de setembro a iniciativa “Passeio da Memória”, uma caminhada solidária que assinala o Dia Mundial da Doença de Alzheimer (21 de setembro).

 

Na edição deste ano, comemorativa do 30º Aniversário da Alzheimer Portugal, a iniciativa vai estar presente em 67 locais de Norte a Sul de Portugal, incluindo os arquipélagos dos Açores e da Madeira, tendo início dia 8 de setembro em Torres Novas, e término a 30 de setembro em locais como Guimarães ou Portimão. Em alguns locais, o Passeio da Memória terá ainda a vertente corrida ou peddy-papper.

 

Com esta iniciativa, que conta com o apoio dos Municípios, a Associação ambiciona desenvolver um conjunto de ações locais que permitam chegar à população em vários momentos ao longo do ano. 50% do valor angariado em cada local será utilizado para a realização de ações que contribuirão para o grande propósito de aumentar os conhecimentos sobre a demência, tais como como ações de informação ou atividades formativas.

 

As inscrições devem ser efetuadas no site da iniciativa (www.passeiodamemoria.org), ou presencialmente na Sede, Delegações ou Gabinetes da Alzheimer Portugal, bem como no próprio dia no local da ação. A inscrição pressupõe um donativo mínimo para a Alzheimer Portugal de 5€ por participante.

 

Consulte todos os locais e inscreva-se em www.passeiodamemoria.org

“Amigos na Demência” chega a Portugal

29-07-2018

www.amigosnademencia.org

 

A Alzheimer Portugal lança no dia 30 de julho, Dia Internacional da Amizade, a campanha “Amigos na Demência”, uma iniciativa integrada no movimento global “Dementia Friends”, implementado em 17 países em todo o mundo. 

 

O principal objetivo desta campanha consiste em aumentar a compreensão sobre a Demência no nosso país e convidar todos os cidadãos a comprometerem-se ativamente na melhoria do dia a dia das pessoas com demência.

 

Esta iniciativa visa combater o desconhecimento e o estigma associados à demência, assim como aumentar o nível de consciencialização sobre o tema em Portugal. Pretende também ajudar os portugueses a compreenderem como é que a demência afeta as pessoas e contribuir para alterar comportamentos que tornem a sociedade mais amiga das pessoas com demência.

 

Qualquer pessoa, de qualquer idade, pode ser Amigo na Demência.

 

 

O que é um Amigo na Demência?

Ser Amigo é aprender um pouco mais sobre a demência e, depois, transformar essa aprendizagem em ação.

 

Não implica necessariamente oferecer o seu tempo numa base regular ou acompanhar uma Pessoa com Demência em particular. O que se pretende é que o Amigo se recorde e ponha em prática o que aprendeu, sempre que lidar ou conviver com uma Pessoa com Demência.   

 

Como é que os cidadãos se podem tornar Amigos na Demência?

Para ser Amigo na Demência, basta seguir 4 passos:

1. Aceder a www.amigosnademencia.org 

2. Registar-se

3. Visionar o vídeo para aprender um pouco mais sobre a demência.

4. Comprometer-se com uma ação, preenchendo o formulário de compromisso.

 

Estas ações podem ser tão simples como não usar as expressões “demente” ou “demenciado” quando nos referimos a uma pessoa com demência, consciencializar os nossos familiares e amigos sobre os desafios que as pessoas com demência enfrentam, ou incentivá-los a tornarem-se amigos na demência. Qualquer ação, pequena ou grande, pode fazer a diferença no dia de qualquer pessoa.

 

 

Amigos na Demência é uma iniciativa da Alzheimer Portugal

Com esta campanha, a Associação pretende também dar resposta aos mais recentes apelos internacionais para que se desenvolvam iniciativas que contribuam para Sociedades Amigas das Pessoas com Demência. O “Plano de Ação Global de Resposta da Saúde Pública à Demência 2017-2025” da Organização Mundial da Saúde contém sete linhas de ação, sendo que a segunda linha trata da consciencialização sobre a demência e “friendliness”. No que respeita ao enquadramento europeu, sublinham-se os resultados do “European Dementia Monitor 2017” da Alzheimer Europe, em que Portugal apresenta pontuação zero quanto à inclusão e às iniciativas amigas das pessoas com demência, pelo facto de não ter implementado qualquer ação desta natureza até à data. 

 

Esta campanha conta com o Alto Patrocínio do Presidente da República e o apoio de um conjunto alargado de parceiros de referência.   

Questionário de Opinião sobre a Demência | 2018

28-06-2018

A Alzheimer Portugal e o CINTESIS - Centro de Investigação em Tecnologias e Serviços de Saúde (ICBAS-UP), em articulação com o Programa Nacional para a Saúde Mental (Direção-Geral da Saúde), promove um novo inquérito nacional sobre a consciencialização e a perceção pública relativa à Demência.

 

Este inquérito pretende melhorar a compreensão sobre as experiências, as expectativas e as preocupações da sociedade portuguesa sobre a Demência, bem como o conhecimento, a atitude e as crenças do público em geral.

 

Gostaríamos de conhecer a sua opinião sobre uma série de temas relacionados com a demência.

 

Os resultados deste questionário irão permitir um melhor conhecimento sobre a opinião que a população em geral tem sobre a demência e, no futuro, promover campanhas de consciencialização.

 

Este questionário tem carácter confidencial e anónimo. Por favor, responda de forma rápida e espontânea.

Aceda aqui ao Questionário de Opinião sobre a Demência | 2018

Muito obrigada pela sua colaboração!

Ministério da Saúde cria Estratégia para as Demências